Tempo estimado de leitura:

Manutenção de elevadores em condomínios: como fazer?

A manutenção de elevadores em condomínios faz parte da rotina dos prédios que possuem o equipamento, que é cada dia mais comum em todo o Brasil.

A instalação destes elevadores pode ser obrigatória ou não, dependendo da legislação de cada município. 

Por se tratarem de equipamentos complexos, a manutenção de elevadores acaba sendo essencial para garantir a segurança dos seus usuários.

O artigo do blog uCondo esclarece todas as dúvidas sobre cuidados, manutenção e uso de elevadores em condomínios.

Índice:

ucondo é o melhor sistema para condomínios



Quais são os tipos de elevadores?

Existem vários tipos de elevadores, cada um com sua própria finalidade e design.

 Aqui estão alguns dos tipos mais comuns nos condomínios:

  1. Elevadores de passageiros: projetados para transportar pessoas entre andares em edifícios comerciais e residenciais. Podem ter várias velocidades e capacidades de carga.

  2. Elevadores de carga: projetados para transportar cargas pesadas ou volumosas entre os andares de um edifício. Podem ter plataformas maiores e sistemas de segurança reforçados para lidar com cargas pesadas.

  3. Elevadores de serviço: projetados para serem utilizados pelos funcionários de um edifício, como zeladores, técnicos de manutenção, e outros. Podem ter capacidades menores e são frequentemente utilizados para transportar suprimentos ou equipamentos.

  4. Elevadores panorâmicos: projetados para oferecer vistas panorâmicas durante o trajeto. São frequentemente utilizados em edifícios turísticos, como hotéis e centros comerciais.

  5. Elevadores residenciais: projetados para serem instalados em residências particulares. Podem ser adaptados para atender às necessidades de mobilidade de pessoas com deficiência.

  6. Elevadores de escada: projetados para transportar pessoas em cadeiras de rodas ou com mobilidade reduzida entre andares em edifícios sem elevadores.



O que é manutenção de elevadores?

‍A manutenção de elevadores cumpre o objetivo de aumentar a segurança e economizar custos com energia.

Qualquer prédio que contenha elevadores, seja este prédio residencial, comercial ou industrial, deve manter a manutenção em dia.

Além disso, todo elevador deve ter um alvará de funcionamento. 

Para isso, é necessário ter uma empresa de manutenção que seja regularizada para essa atividade.




Quais são os tipos de manutenção de elevadores?

É importante saber que existem diferentes tipos de manutenção e que todas elas devem seguir o que é estabelecido pelas leis. 

A manutenção de elevadores deve ser realizada em prédios residenciais, comerciais e industriais para manter a segurança e reduzir custos.

Existem diversos tipos diferentes de manutenções de elevadores. Podemos citar:

  • Preventiva: Esse tipo de manutenção cumpre o objetivo de aumentar a segurança e prevenir que o equipamento pare. A manutenção preventiva de elevadores deve ser realizada de acordo com cada modelo. Isso porque cada elevador segue uma regra de manutenção de acordo com as normas da ABNT estabelecidas para ele.‍ ‍Em uma manutenção preventiva, os profissionais deverão lubrificar os sistemas e peças e limpar as engrenagens do elevador. 
  • Preditiva: Neste tipo de manutenção, a empresa realiza uma análise de supervisão e monitoramento de todos os componentes do elevador. ‍Os profissionais que realizam essa manutenção, buscam por algum tipo de falha que mostre que o elevador pode ter algum problema no futuro. ‍A manutenção preditiva tem o objetivo de prevenir reparações de emergência.‍
  • Corretiva: A manutenção corretiva acontece com caráter de urgência e o equipamento precisa ser interditado de forma imediata. Se essa manutenção precisou ser realizada, é porque houve alguma falha no elevador. Entre as falhas que podem ocorrer, estão: velocidade fora do comum, pausas, barulhos diferentes e paradas bruscas.

técnico faz manutenção em elevador
Conheça os tipos de manutenção de elevadores em condomínios (leia acima).



Quanto custa a manutenção de elevadores?


O custo de manutenção de um elevador pode variar entre R$ 500 e R$ 1.800 mensais.

Esse valor depende de diferentes fatores, como idade do equipamento, necessidade da troca de peças, quantidade de andares que o prédio tem, etc.

O mais indicado é fechar pacotes de manutenção anuais, que vão baratear os custos. 

Além disso, é preciso fazer diferentes orçamentos para analisar o que será oferecido por cada empresa.

‍Leia também: Como fazer cotações e orçamentos?



Quais as normas e leis que regem o uso e funcionamento dos elevadores?

A Legislação de elevadores segue as normas da ABNT, que envolve o projeto, a instalação e as manutenções.‍

Sendo assim, todos os prédios brasileiros que possuem elevadores devem estar em conformidade com as normas da ABNT.

Além das normas da ABNT, cada município pode contar com sua própria legislação para garantir ainda mais segurança.‍

É o exemplo de São Paulo, que conta com a Lei 10.348 de 1987, que é mais rígida do que a própria norma da ABNT. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Licenciamento, existem 77,6 mil elevadores cadastrados na capital Paulista.




Qual o melhor sistema para agendamento de manutenções?

Apesar de serem considerados seguros, é comum vermos elevadores parados por conta de falhas. 

Isso acontece pela falta de manutenção preventiva, que no caso de condomínios, deve ser mantida pelo síndico.‍

Como o trabalho do síndico envolve muitas tarefas, é comum que o prazo da manutenção acabe fugindo ao ideal.

No entanto, isso afeta a vida útil do elevador e a segurança dos condôminos, além de poder gerar multas para o condomínio.‍

Para auxiliar na organização da manutenção de elevadores, assim como de outras manutenções, existem aplicativos exclusivos para condomínios.

Um exemplo é o app uCondo, que possui funções criadas exclusivamente para planejar as manutenções no condomínio.

‍Quer saber mais sobre a função? Assista o vídeo abaixo:

A função de "Manutenções" do app uCondo oferece:

  • Programação de manutenções preventivas, dedetização, etc.;

  • Avisos e lembretes para os condôminos;

  • Possibilidade de a gestão pode adicionar status e imagens da manutenção e compartilhar com moradores;

  • Mais transparência tanto no controle das manutenções, assim como na prestação de contas.

Conheça a função "Manutenções" no aplicativo uCondo.
Conheça a função "Manutenções" no aplicativo uCondo.

Através do sistema, o síndico consegue organizar todas as manutenções do condomínio, garantindo mais segurança e levando mais transparência para os moradores.

Quer saber mais? Cadastre-se abaixo e receba uma demonstração gratuita do sistema uCondo:

Conclusão sobre manutenção de elevadores‍

Neste post, você descobriu todos os detalhes sobre manutenção de elevadores.

O serviço é essencial para garantir a segurança e o bom funcionamento desses equipamentos. 

A manutenção preventiva, realizada regularmente por profissionais capacitados, pode evitar problemas mais sérios e prolongar a vida útil do elevador. 

Além disso, a manutenção corretiva deve ser feita sempre que houver algum problema. 

A falta de manutenção pode levar a acidentes graves, como quedas e prisões de pessoas dentro do elevador. 

Portanto, é importante que os síndicos sejam responsáveis pela manutenção regular do elevador e contratem empresas confiáveis para realizar esse serviço. 

Lembre-se sempre: a segurança é primordial!

Leia mais: Cinco passos para melhorar a segurança do condomínio

áreas comuns do condomínio ebook
Clique na imagem e baixe nosso Manual de Gestão de Áreas Comuns.

Postado em  

October 12, 2023

Conheça a uCondo, o sistema de gestão de condomínios

Administre um ou mais Condomínios de forma simples e rápida. A uCondo conecta bancos, síndicos, porteiros, condôminos e administradoras, em uma única plataforma 100% digital.